quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Tempo*


As músicas não paravam de tocar. Todas as músicas faziam com que ela se encolhesse na cama e chorasse cada vez mais. Todas eram tristes, calmas e falavam daquilo que ela não queria ouvir: Saudade.

As lágrimas já haviam escurecido a fronha do travesseiro e os olhos já estavam inchados e vermelhos – No dia seguinte, todos saberiam que ela passara a noite aos prantos.

As notas das músicas continuavam a pular da caixa de som e invadir o quarto, dançando pelo ar e dilacerando o coração da pobre menina.

Ela suspirou fundo, limpou os olhos, encharcou as mãos de lágrimas e ouviu: Não, essa música não falava de saudade, falava da realidade.

*******************************************
Assim como a dor que fere o peito, 
isto vai passar também. 
*******************************************

Mas ouvir música a fazia se lembrar dele. Ela ouvia músicas com ele.

E doía.

*Tempo é o nome de uma música do novo álbum - Manuscrito - da cantora Sandy, assim como o verso que inspirou o texto.

2 comentários:

  1. "tristeza não tem fim.................."

    ResponderExcluir
  2. Tem também aquela de U2: "it's just a moment, this time will pass".

    ResponderExcluir