terça-feira, 21 de setembro de 2010

Last song...

A música fazia as paredes tremer. Os corações ali batiam em conjunto com o Rock, enlouquecidos pelo clímax da harmonia. O público gritava – eu gritava, e cantava, enquanto eles estavam logo ali à frente, muito perto mesmo – talvez a uns sete, dez metros de distância.

A música explodia, e a multidão ia à loucura. Cantávamos, assoviávamos, pulávamos. Era plena euforia.

E a música acabou. E o publicou parou, extasiado.

Naquele momento, tive um impulso de pedir a minha música favorita, e gritei com todas as forças que podia: “YOU AND I!!!”. Por um breve segundo, achei que minha voz iria romper a barreira de sons entre mim e o palco. Ela até alcançou alguns outros ouvidos próximos, que ecoaram minha voz – “You and I! Toca You and I!”, mas as vozes, assim como a minha, se perderam na multidão.

Nunca chegaram ao palco.

E a guitarra começou a chorar outras notas.

Eu não perdi o controle por ninguém, nem quando alguém me olhou. Não havia nada nos olhos de ninguém tentando me dizer alguma coisa. Eu ainda era uma criança, mas a vida não havia aberto as portas de uma nova vida pra mim...
 
 Scorpions - set/2008

***************************************************
It's all written down in your lifelines
It's written down inside your heart
You and I...
***************************************************

Um comentário:

  1. "We just have a dream to find our love a place where we can hide away."

    Eu ainda cheguei a ouvir "You and I" no show. Quase choro quando soube que eles vão acabar.

    ResponderExcluir