quinta-feira, 22 de março de 2012

Nokia? Nunca mais!

Há três anos, comecei com siricutico para trocar o celular. Nunca fui maníaca por modernidade e nunca tive ânsia de sempre querer o modelo mais novo a qualquer preço. Foi quando comecei a procurar e me apaixonei por um Nokia. Era o início da era dos touchscreen, e a Nokia sempre tivera a melhor fama dentre os celulares até então.

Alguns meses depois, finalmente adquiri meu Nokia 5530 Xpressmusic. Ele era todo gay, com capinha branca e detalhes rosas... Parecia perfeito!

Mas aí...

Quando comecei a tentar usar o celular para entrar na internet, vi que ele era bem lento e tinha um layout primitivo - o que não seria um grande problema para mim se, a cada vez que eu tentasse fazer qualquer coisa com ele que exigisse um pouco a mais do processador, ele não reiniciasse sozinho ou travasse.

No começo, achei que o problema era esporádico, e decidi atualizar o sistema operacional, esperando que o bug fosse corrigido na atualização. Doce ilusão... 

Conforme vieram as atualizações, o celular foi ficando cada vez pior. Cada vez mais, ele começou a reiniciar enquanto eu mandava SMS, ou logo após o envio, quando eu instalava um novo aplicativo no celular - o que o fazia reiniciar loucamente por vários dias, quando eu tentava acessar a internet... E por aí vai.

Resolvi procurar um fórum para ver se eu havia sido premiada com o problema, mas descobri que praticamente todos os usuários do modelo avacalhado pela Nokia também sofriam com a tentativa do aparelho de viver sozinho. Vi tanta gente reclamar do celular, que comecei a sentir um arrependimento profundo por não ter pesquisado antes.

Pensei então em mandar para a assistência técnica, mas também li no fórum que várias pessoas mandaram, ficaram sem o celular por 15 a 30 dias, e o obtiveram de volta sem o problema corrigido, quando não pior.

Decidi manter o celular, e não me estressar tentando trocar algo que eu sabia que não seria trocado ou arrumado. Por um longo período, ele ficou estável.

Agora, porém, conforme a idade está chegando, ele está cada vez pior: O toque não responde ao comando, ele reinicia pelo menos uma vez por dia, trava quando desperta o alarme - mas trava de uma tal forma que eu só consigo reiniciar o telefone se tirar a bateria -, está cada vez mais lento e às vezes dá uma pane louca na câmera, e dispara o flash antes da foto, deixando ela mais escura do que se fosse tirada sem a luz.

A Nokia pode ter e ser excelência no quesito câmera para celulares, mas eu ainda prezo que meu celular preste pelo menos para servir como meio de comunicação antes de ser uma câmera portátil, e nisso a Nokia não serviu pra mim.

Hoje, esse meu celular nem existe mais no mercado, porque acho que foi uma das linhas mais bugadas da história da empresa, mas eles continuam repetindo o erro com o sistema irritacional deles - o Symbian - e liberando novos modelos, como o Nokia C5, que mantem o mesmo problema desse meu. Fui procurar em fóruns, e vi muita gente reclamando das mesmas panes que meu celular, 3 anos mais velho que o C5, possui desde que nasceu. Para mim, o pouco de respeito que eu tinha pela empresa foi perdido quando descobri isso. Achei uma completa falta de respeito ao consumidor fazer um erro grotesco perdurar por tantos anos em um mercado, que hoje, é dominado por SO's fantásticos como Android e iOS.

Ainda estou estudando qual será meu novo aparelho, e já decidi que quero um SO Android. Não importa mais para mim se o Symbian Belle, Anna, Diabo a quatro são bons - pra mim, Nokia nunca mais.

4 comentários:

  1. A Nokia agora só vai lançar smartphones com o Windows Mobile, que apesar de ser bonitinho não tem uma usabilidade muito boa, precisa melhorar muito pra acompanhar o que o Android e o iOS tem.

    O meu Nokia 5310 (que não era smartphone) era perfeito, funcionava pra tudo que queria. Só que depois de umas quedas (bem feias, por sinal), as teclas 7 8 9 do teclado não funcionavam mais, e tava ficando impossível usar direito.

    Dei uma pesquisada e gostei desse da Sony Ericsson: http://www.gsmarena.com/sony_ericsson_xperia_mini_pro-3713.php

    Que é um ótimo smartphone, tem um teclado físico (que é minha principal exigência) e funciona muito bem.

    Se você for atrás de um telefone com Android, já saiba de ante mão que nenhum deles tem uma bateria que dure muito mais que 1 dia-1 dia e meio. Isso é em parte por causa da forma como o Android funciona, com vários processos em background, sincronizando tudo e o tempo todo conectado.

    Enfim, vale muito a pena pesquisar antes de decidir qual telefone comprar. Depois que passei a fazer isso nunca mais me arrependi de ter gasto dinheiro com essas coisas.

    ResponderExcluir
  2. Nunca tive problema com nokia; o meu até na privada caiu e nunca pifou. Mas agora vou aposentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema maior dos nokias são os celulares touch. Minha mãe tem um com tecladinho, e ele nunca deu problema. O meu deu desde a primeira semana de uso.

      Excluir
  3. http://vejaporesteponto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir