sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A lactose e eu...


Há quem diga que nunca gostaria de ter intolerância à lactose, porque não vive sem leite, sem queijo, sem... Tudo! Eu mesma repetia essa frase para mim mesma centenas de vezes, até que meu médico me pediu o exame de tolerância ao maldito carboidrato do leite.

Fiz, não passei mal bebendo aquela água arenosa, branca, sem gosto de nada, que é a solução pura de lactose, e, sinceramente, fiquei me perguntando “Por que diabos to fazendo isso, se não ‘destripo o mico’ quando tomo leite?”- E olha que eu tomava MUITO leite.

Enfim, chegou o resultado, e eu, como boa e futura biomédica, fui xeretear para “me dar meu auto-diagnóstico”. Segui a linha de raciocínio certa: Se o exame media a concentração de glicose no sangue após eu tomar a lactose, com o passar do tempo, minha glicemia deveria aumentar. Não aumentou – ficou constante. DROGA!

Enfim, confirmada minha suspeita desesperadora, entrei (pelo cano, sério!) numa dieta com restrição total à lactose. Nada que tem lactose no meio eu posso comer – pelo menos pelos próximos 60 dias.

Daí, então, entram minhas crises de desespero:
“Vamos comer pizza??” – Não posso, tem queijo;
“Vamos tomar sorvete??” – Não posso, tem leite;
“Vamos comer chocolate?” – Chocolate ao LEITE?’
“Mousse de limão, de maracujá, de chocolate! Uhnnn!” – Uhn, mousse = creme de leite + leite condensado + alguma coisa. Leite!
“Vamos no Mc, vamos na pizza frita?!” – Er... McDonald’s sem queijo é deprimente. Pizza frita sem catupiry é agoniante.
...

A lista é imensa. Pode ter certeza: De 10 comidas (doces e/ou salgadas) que você pensar em comer, 7 terão leite.

Enfim, estou nessa abstinência ridícula até quinta-feira santa (cara! Até abril, tem noção?! ¬¬). Graças a deus, na páscoa eu passarei mal de tanto comer tudo o de chocolate que minhas TPM’s demandaram durante todos esses meses, e eu não pude comer.

Até lá... Ha! Aguentem-me!

Um comentário:

  1. Num 'guenta, bebe cerveja. Não tem lactose, pelo menos. Hhauhauahuahua!

    ResponderExcluir